RO – Força Nacional de Segurança está na Terra Indígena Suruí

A Força Nacional de Segurança foi enviada à reserva Suruí, no município de Cacoal, a 500 quilômetros de Porto Velho, pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos. O motivo seria ameaças feitas contra o cacique Almir Suruí, Ivaneide Bandeira, mulher de Almir, e outras lideranças indígenas. As ameaças são constantes desde 2009, quando lideranças das 27 aldeias da terra indígena Suruí proibiram o acesso de madeireiras à reserva.

As ameaças foram intensificadas em janeiro deste ano depois que algumas madeireiras, que haviam sido fechadas em novembro, conseguiram liminar para voltar a funcionar.

Recentemente, a terra indígena Suruí, que tem 250 mil hectares, conseguiu certificação internacional para vender crédito de carbono.

O projeto prevê lucro de R$ 2 milhões por ano sem derrubar a floresta, mas está ameaçado pela cobiça de quem vive da extração ilegal.

Os homens da Força Nacional de Segurança vão permanecer na região por tempo indeterminado.

FONTE : G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: