Protesto contra a aprovação do Novo Código Florestal

Ministro Aldo Rebelo é recebido, em São Carlos/SP, com protesto contra Novo Código Florestal.
 
O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo (PCdoB), foi recebido em São Carlos (SP), na tarde desta segunda-feira (30), com um protesto de estudantes. A manifestação era contra a aprovação no Congresso Nacional do Novo Código Florestal.
Estudantes protestaram contra aprovação do Novo Código Florestal (Foto: Reprodução/EPTV)
 
Rebelo foi responsável pelo relatório inicial do projeto, quando ainda ocupava o cargo de deputado federal. O ministro veio até São Carlos para inaugurar uma piscina num centro esportivo do bairro Vila Nery, mas durante o discurso enfrentou o barulho dos estudantes.
 
“Quando não tiver mais nenhum rio e só tiver a seca, o código não vai valer para ninguém”, criticou o estudante indígena Lenon Corezomaé.
Alunos indígenas participaram da manifestação (Foto: Reprodução/EPTV)
Para o coordenador do Meio Ambiente de São Carlos, Paulo Mancini, o código só atende aos interesses da bancada ruralista na valorização de terra. “Quem desmatou vai ser anistiado de toda e qualquer multa e penalidade, e agora ainda com a lei aprovada ele pode usufruir daquele crime que ele cometeu”, disse.

Rebelo, por sua vez, acredita que o projeto aprovado poderá contribuir com o meio ambiente. “A resposta já foi dada pela Câmara e pelo Senado. Meu relatório foi aprovado por 410 votos contra 63. No senado também foi aprovado o relatório que equilibra o meio ambiente e a agricultura”, destacou o ministro.

 
O presidente do Sindicato Rural, Eunizio Malagutti, afirmou que o novo código é uma correção aos erros do anterior. “Hoje o código esta vindo para regulamentar erros de entendimento do antigo código que sofreu alguns retalhamentos através dos anos”, disse.
 
O projeto foi encaminhado para a presidente Dilma Rousseff (PT) e deve ser aprovado ou vetado até o dia 17 de maio. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmou na quinta-feira (26) que a presidente Dilma Rousseff  deveré vetar partes do novo Código Florestal.

Segundo Ideli, a presidente já afirmou que vai eliminar trechos do projeto que representem anistia para desmatadores.

Veja mais em : http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2012/04/ministro-aldo-rebelo-e-recebido-com-protesto-contra-novo-codigo-florestal.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.