PA – Seminário Amazônia+20

Economia verde, biodiversidade, mudanças climáticas e serviços ambientais. Esses temas e muitos outros serão debatidos no Seminário Amazônia+20: Construindo uma Agenda de Sustentabilidade, a ser realizado nos dias 28 e 29 de maio, pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

O evento tem por objetivo criar uma agenda de políticas para a Universidade e outras instituições, apresentando, antecipadamente, alguns assuntos que serão tratados na Conferência das Nações Unidas (ONU), a Rio+20, prevista para o período de 13 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. Busca-se também apresentar resultados concretos de prestação de serviços ambientais por diversos grupos indígenas, no âmbito de projetos coordenados pelo Núcleo de Meio Ambiente (Numa) e do Programa Pobreza e Meio Ambiente na Amazônia (Poema).

O evento é organizado pela UFPA, mas tem parceria de outras instituições, como a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), a Universidade Estadual do Pará (UEPA) e a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Além deles, o Seminário conta com a presença do Museu Emílio Goeldi, do Instituto Socioambiental, FUNAI, do Ministério Público Federal, além de representações de outros Estados, todos visando discutir problemas socioambientais e fazer interlocuções com a sociedade, a fim de estimular mudanças.

Para o professor Alberto Teixeira, coordenador do evento, é muito importante que a Universidade crie políticas sustentáveis. Ele conta que uma universidade pública deve usar os seus conhecimentos, as suas produções para fazer mudanças na sociedade. “Queremos, a partir deste Seminário, discutir, internalizar e ampliar um debate, com a participação da comunidade universitária, no sentido de criar políticas dentro das universidades, para que ela possa servir como um exemplo daquilo que pode ser feito, tornando-se um efeito multiplicador na sociedade. A Universidade precisa dar esse exemplo para a sociedade.”, afirma.

Programação – O evento terá uma programação no sábado, 26, que antecede o Seminário. Neste dia, haverá, pela parte da manhã, uma caminhada e um passeio ciclístico na UFPA, visando gerar nos participantes uma preocupação com a qualidade de vida. Ainda no sábado, será inaugurado o Bosque UFPA Sustentável, onde será feito o plantio de algumas árvores. A manhã será encerrada com um lanche no ITEC-Cidadão, na UFPA.

O Seminário terá a abertura oficial na segunda-feira, 28, às 9h. A partir disso, os dois dias serão seguidos por seis mesas-redondas, com discussões sobre economia verde, inclusão social, serviços ambientais, populações tradicionais e relato de experiências das Universidades no campo da sustentabilidade; entre outras. A programação completa pode ser conferida no  site : http://www.ascom.ufpa.br/links/editais/folderamazonia20.pdf

Importância – Segundo o professor Alberto Teixeira, “a Universidade tem que ser o grande lócus de criatividade e experiências para serem colocadas à disposição da sociedade. Só assim ela vai ter um sentido claro de existir. Um instrumento de transformação social que disponibiliza várias possibilidades para a sociedade.”

O Seminário Amazônia+20 é gratuito, aberto para toda a comunidade universitária e para a comunidade externa. Para participar, basta preencher a ficha de inscrição aqui. Para saber mais, acesse o site UFPA Sustentável < http://www.ufpasustentavel.blogspot.com.br/>

Serviço : Seminário Amazônia+20

Dia: 28 de maio.

Local: Centro de Eventos Benedito Nunes,

Dia: 29 de maio.

Local: Instituto de Ciências Jurídicas (ICJ)

Texto: Paloma Wilm – Assessoria de Comunicação da UFPA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.