PA – Ativistas do Greenpeace fazem ação na capital

Coletar assinaturas para a campanha Desmatamento Zero. Com esta finalidade, o navio do Greenpeace está aportado na Estação das Docas e, a partir de hoje, oferece ao público visitas monitoradas das 9h às 17h. A programação da ONG será encerrada amanhã. A expectativa é que mais de 2 mil pessoas prestigiem a mostra.

A última vez que o navio Rainbow Warrior (‘Guerreiro do Arco-Íris’, em tradução livre) esteve em Belém foi em 2009, no Fórum Social Mundial. De acordo com o coordenador do programa Amazônia do Greenpeace, André Muggiati, é importante que as pessoas interessadas em entrar no navio cheguem cedo e vistam roupas leves e garrafas de água para suportar o calor. A visita dura cerca de 40 minutos. Nela, é apresentada a história da entidade, o cotidiano da tripulação e são expostos ainda detalhes da embarcação, construída sob os critérios de sustentabilidade. ‘Da última vez que estivemos aqui, muita gente não conseguiu participar das visitas monitoradas. Houve pessoas que ficaram na fila durante duas horas para conseguir entrar’, disse Muggiati.

 

A ideia do Greenpeace é reunir 1,4 milhão de assinaturas, o equivalente a 1% do eleitorado do Brasil, em prol de uma lei popular que confere maior controle ao desmatamento. Exceto em casos de planos de manejo, de estratégia segurança nacional, agricultura familiar ou de atividades de interesse público e social especificadas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), a supressão da floresta seria vetada. ‘Este projeto está na contramão do novo Código Florestal, que consideramos muito nocivo ao meio ambiente. Ele, do jeito que foi aprovado, é um aval para a destruição das áreas verdes no país’, ressaltou André.

 

Aderiram à proposta da ONG o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a deputada Heloísa Helena (PSOL-AL), a ex-ministra do meio ambiente Marina Silva e os atores Marcos Palmeira e Camila Pitanga. Para assinar a petição do Desmatamento Zero, é necessário informar o número do título de eleitor. O registro pode ser feito também pela internet, no site www.greenpeace. org/brasil.

 

O navio, no início de abril, esteve nos municípios paraenses Santarém, Porto de Moz e Gurupá, para denunciar às autoridades públicas e à população o desmatamento ilegal e a invasão de áreas protegidas por legislação ambiental. De Belém, o ‘Rainbow Warrior’ segue para outras capitais litorâneas, a exemplo de Recife (26 e 27 de maio), Salvador (2 e 3 de junho) até chegar ao Rio de Janeiro, onde marcará presença na Rio +20. A conferência promete ser recorde de público entre todos os eventos já promovidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: O Liberal – http://www.orm.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.