Novo Código Florestal – Vetos não corrigem retrocessos, diz Marina Silva em artigo

A ex-senadora Marina Silva, critica ferrenha do Novo Código Florestal elaborado pela Câmara e pelo Senado disse em artigo publicado em seu blog nesta sexta-feira, 25, que os 12 vetos feitos pela Presidenta Dilma Roussef  não corrigem retrocessos no código.

“O objetivo central dos vetos parciais ao projeto de lei do Código Florestal anunciados pelo governo na coletiva de hoje, é recompor a proposta do Senado. Mas o texto que saiu de lá foi amplamente rejeitado pela sociedade brasileira devido aos inaceitáveis retrocessos que continha”, comenta a ex-petista em seu blog.

Marina Silva lamenta a decisão da Presidenta de ter vetado parcialmente o novo código. “Por essa razão, o Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável e de diferentes e amplos setores da sociedade brasileira pediu à Presidente Dilma que o vetasse integralmente. Infelizmente, ela não agiu assim.”

A acreana do Seringal Bagaço revela que “dos 84 artigos, 12 foram vetados. Outros 72, com graves retrocessos à proteção das florestas, foram mantidos”.

A ambientalista lamenta ainda que “a falta de transparência e a não divulgação dos vetos e das modificações impede que a sociedade possa já fazer uma análise técnica do alcance do veto parcial”, diz Marina Silva

Da Redação ac24horas.com 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.