Fortes chuvas e cheia no Amazonas deixam o Estado de Roraima em alerta

Em maio, tradicionalmente começam as chuvas em Roraima. E o nível do rio Branco começa a subir. Ontem a régua da Companhia de Água e Esgoto de Roraima (Caerr), que mede o nível do rio Branco, registrou a marca de 4,34 metros, a maior do ano. No dia 04 de maio do ano passado, essa marca era de 2,32. Esses números mostram que a cheia pode ser igual ou maior do que ocorreu no ano passado e que pode também vir antes mesmo do mês de junho, período de chuvas intensas. Uma das principais preocupações no momento é também com a cheia que acontece no rio Negro, no Estado do Amazonas, do qual o rio Branco é afluente. Lá, mais de 16 mil pessoas estão sofrendo com a elevação do nível do rio que atingiu ontem a marca de 29,3m ao nível do mar. O risco é a vazante do rio Negro que poderá prejudicar a população roraimense que mora em áreas ribeirinhas onde alagam.

Para ajudar no monitoramento dos rios e redes de estações hidrometeorológicas, será inaugurada, no próximo dia 15 de maio, a Sala de Situação da Femarh, que fará a previsão de eventos críticos tanto para cheia dos rios quanto para a seca.

A sala ficará vinculada à Agência Nacional de Águas (ANA), que possui a rede automática de hidrometeorologia, que monitora tanto o nível do rio quanto as precipitações das chuvas. Técnicos estatísticos ficarão de plantão para fazer monitoramento da elevação dos rios e ainda acionar o Sistema de Alerta, colaborando com a Defesa Civil.

“Se for cheia ou alagamento, é acionado o sistema de alerta e imediatamente comunicado à Defesa Civil, que fará a remoção das pessoas para fora da área a tempo de não causar danos e o comprometimento da qualidade de vida das pessoas, sobretudo a morte”, explicou Audrey Nery, chefe da Divisão de Recursos Hídricos da Femarh.

Em Roraima, existem quatro estações de hidrometeorologia ligadas à Sala de Situação: em Boa Vista, na estação da Caerr, na região do Passarão, Caracaraí e Mucajaí. “Mais quatro pontos serão alocados no estado. O serviço é realizado a partir do Acordo de Cooperação da ANA, Serviço Geológico do Brasil e Femarh, que pretende fazer a distribuição das estações em todos os municípios”, disse.

De acordo com os registros da ANA, os níveis dos rios de Roraima, sobretudo, Branco, Uraricoera e Mucajaí, estão acima da cota com permanência de 5%, considerado o alerta amarelo. Acima dele, apenas o vermelho, cota de alerta. O sistema da ANA é atualizado a cada 24 horas e possui quatro pontos de análise distribuídos no estado, sendo um deles na Caerr. Os dados podem ser acessados no site www.ana.gov.br/telemetria

Em uma hora choveu 17 milímetro na sexta-feira

Segundo Ramon Alves, meteorologista da Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh), este ano, no mês de abril, choveu aproximadamente 240 milímetros. No ano passado, a marca chegou a 230. E já nos primeiros dias de maio deste ano foi registrado volume pluviométrico em torno de 100 milímetros. Desses, somente no início da manhã de ontem, em um período de uma hora, choveu 17 milímetros. A previsão para este mês é de 290mm, mas o meteorologista acredita que vai ser bem mais.  

Em relação à cheia do rio Negro, Ramon Alves disse que a entidade já está preparada para dar o sinal da alerta para a Defesa Civil, caso atinja o nível elevado de água. “Agora o momento é de monitorar e observar. Vamos nos preparar para, se por caso atingir as cotas dos níveis do rio, acionar imediatamente a Defesa Civil, que com certeza também já está em alerta”, frisou.   

Sobre as principais estratégias e planos de políticas traçadas para garantir a prevenção imediata, caso haja uma grande cheia do rio Branco de forma rápida, Alves informou que não existe um grupo formado por diversas entidades de Roraima para traçar essas metas. “Nós não temos aqui no Estado um comitê, a exemplo do comitê de queimadas, para pensarmos juntos quais as principais formas de agir para garantir mais eficácia. A entidade principal que elabora esses planos é a Defesa Civil”.

Durante todo o dia de ontem a Folha tentou entrar em contato com o comando da Defesa Civil, mas a informação foi apenas de que os comandantes estavam em reunião.     

 
Previsão é de mais chuvas a qualquer momento em RR

Segundo a previsão do tempo do Clima Tempo para Roraima, neste final se semana há possibilidade de chuvas a qualquer momento durante dia e noite. A temperatura oscila entre 30 e 34° de máxima e de 23 a 24° de mínima.

FONTE : Folha de Boa Vista – http://www.folhabv.com.br/noticia.php?id=128767

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.