RR – Abril Indígena começa na segunda-feira

Em celebração ao Dia do Índio (19), a Prefeitura de Boa Vista realizará de 2 a 24 de abril, o “Abril Indígena”, com o objetivo de homenagear as comunidades indígenas do município, reconhecendo sua cultura e proporcionando a todos, momentos de entretenimento e festividades.
 
Nesta segunda-feira (2), abertura da programação, que acontecerá na Comunidade Truaru da Cabeceira, será inaugurada a Escola Municipal Indígena André Vicente da Silva. Haverá ainda a abertura da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa, com diversas palestras.  A programação acontecerá a partir das 8h30.
 
Durante os dias de atividades, serão realizados também atendimentos médicos e haverá várias atrações culturais.  Para Suely Campos, vice-prefeita de Boa Vista, esta ação é de extrema relevância para o município.
 
“Estamos todos empenhados para realizar um grande evento, oferecendo às comunidades serviços de saúde, educação, social e lazer. Tenho certeza que o “Abril Indígena” será um diferencial na vida de todos os moradores de nossas comunidades”, afirmou Suely.
 
FEBRE AFTOSA – A Prefeitura de Boa Vista iniciará no dia 2 de abril a vacinação contra a febre aftosa no rebanho bovino de 14 comunidades indígenas. O objetivo é garantir a imunização de quatro mil e seiscentos animais, preservando a saúde sanitária e permitindo que o rebanho atenda aos critérios exigidos para a comercialização.
 
A equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Gestão Ambiental e Assuntos Indígenas (SMGA) permanecerá durante o dia nas comunidades imunizando e vermifugando o gado, além de fazer o controle externo de parasitas como carrapatos e moscas. Os trabalhos começarão na comunidade Truarú da Cabeceira.
 
A ação faz parte da campanha para a erradicação da doença. A idéia é preservar a saúde sanitária dos animais, garantindo que estes possam ser comercializados no mercado local, gerando renda para as famílias indígenas. As atividades encerram no dia 18 de abril.
 
A imunização do rebanho é obrigatória. A doença, altamente contagiosa, causa febre e bolhas na boca, narinas, focinho, tetas e patas dos animais. A vacinação ocorre anualmente em duas etapas, abril e outubro, porque a imunidade do rebanho tem duração de seis meses.
 
Conforme o cronograma, no dia 3 a equipe imunizará o rebanho da comunidade indígena Serra da Moça. No dia 4, será atendida a comunidade Morcego no período da manhã. Na parte da tarde e no dia 5, será a vez da comunidade Truarú da Serra. No dia 9 a equipe imunizará o rebanho da comunidade Bom Jesus e Lago Grande.
 
A vacinação seguirá atendendo às comunidades do Milho e Aakan (11), Senhor Vicente e Palmeira (12), Campo Alegre e Ilha (13), Vista Nova e Mauixi (14), Vista Alegre (16 e 17) e Darora (18).
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.