Operação ‘Sulamba’ apreende 940 alevinos de Aruanã em Tabatinga, interior do Amazonas

Os alevinos eram provenientes do Rio Negro, município de Novo Airão, e teriam como destino a Colômbia, onde seriam comercializados como peixes ornamentais.

Cerca de 940 alevinos de aruanã-negra foram apreendidos pela Polícia Federal (PF) e o Instituto Brasileiro do Meio-Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no último domingo (25).

 A apreensão aconteceu durante fiscalização da operação ‘Sulamba’, realizada pelo Ibama,em uma bagagem no aeroporto de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus).

 As larvas de peixes eram do município de Novo Airão (a 115 quilômetros da capital), e seriam enviadas à Colômbia, sendo comercializadas como peixes artesanais. Os alevinos estavam em duas malas, dentro de sacos plásticos com água.

 A autuação foi de R$ 68,8 mil, por transporte de espécimes abaixo do tamanho mínimo permitido, que é de 40 centímetros, conforme Portaria do Ibama nº 01/2001. O Ibama informou ainda que os alevinos de aruanã-negra apreendidos durante a ação foram devolvidos à natureza.

A Operação Sulamba é realizada em parcerias com a Policia Federal, Funai, Receita Federal, Capitania dos Portos e Exército. Sulamba, segundo o Ibama,  é o termo usado por ribeirinhos amazonenses para  peixe aruanã.

FONTE: A Crítica e Em Tempo On Line

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.