Petroleira russa assina acordo com empresa brasileira para explorar petróleo na Amazônia

A exploração de 21 blocos de petróleo na bacia do rio Solimões, no Amazonas, terá a partir de agora a participação da petroleira russa TNK-BP. O comunicado foi postado nesta segunda-feira (18) pela empresa brasileira HRT O&G, em seu site.

Produção de Petróleo na base de Urucu no Amazonas

A empresa russa adquiriu 45% dos direitos exploratórios dos blocos.

Os 21 blocos de exploração de petróleo e gás, controlados e operados pela HRT O&G em parceria com outra empresa, a Petra, cobrem uma área de aproximadamente 48.000 Km2, localizada na Bacia Amazônica do Solimões.

A produção inicial dos campos da Bacia do Solimões é estimada para 2012.

De acordo com o acordo firmado (chamado de Farm-Out Agreement), o valor da transação dependerá do futuro desempenho dos ativos, segundo o comunicado.

A HRT permanecerá como operadora do projeto do Solimões, tendo a TNK-BP uma participação mais ativa durante os períodos de desenvolvimento e produção.

O fechamento da transação dependerá do acordo final entre TNK-BP e HRT no que diz respeito às operações, da aprovação dos Conselhos de Administração da TNK-BP e da HRT, bem como da aprovação pelas autoridades reguladoras Brasileiras.

“Estamos muito contentes em termos concluído com sucesso as negociações com a Petra Energia no que diz respeito ao Farm-Out Agreement para a concessão do Solimões no Brasil’ disse Michael Fridman, Diretor Presidente da TNK-BP”, no comunicado.

No final de junho, a HTR divulgou a perfuração do terceiro poço, localizado a 7,5 quilômetros do município de Carauari (786,91 quilômetros). A previsão é que a sonda atinja a profundidade final em torno de 2.620 metros.

Ainda no mês de julho está previsto o início da perfuração na locação 1-HRT-194/01-AM. Este poço será perfurado na estrutura mapeada e classificada como recurso contingente denominado Igarapé Maria (IMA), situado ao sul do Campo Sudoeste de Urucu (SUC).

Fonte: A Crítica

Um comentário em “Petroleira russa assina acordo com empresa brasileira para explorar petróleo na Amazônia”

  1. Notícia boa essa. Esse estado tem muita riqueza mesmo!

    Pense bem, se a Venezuela é quem tem atualmente a maior reserva de petróleo do mundo, por que a amazônia brasileira não teria um tanto de petróleo também, já que é tudo a mesma floresta ?

    Só espero que as comunidades que ali residem, e o próprio país, também se beneficiem dessa riqueza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.