3º Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena

22 de outubro de 2017  - Jaime de Agostinho

Representantes de diferentes etnias defendem aumento de recursos para melhorar a qualidade da educação indígena. O assunto foi discutido no Terceiro Fórum Nacional de Educação Indígena, realizado nesta semana no Centro Comunitário Athos Bulcão, no campus Darcy Ribeiro, na Universidade de Brasília.  

3º Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena – Valter Campanato/ Agência Brasil

O evento contou com a participação de 450 pessoas, entre representantes e líderes de 18 etnias. Segundo lideranças indígenas, só na escola e Dourados, no Mato Grosso do Sul, cerca de 600 crianças e adolescentes indígenas estão sem escola. Além da reivindicação de investimentos na educação nas aldeias, outro assunto abordado foi a migração de indígenas para a sede do município para cursar a universidade.  

O Tarde Nacional desta quinta-feira (19) falou sobre a educação escolar indígena no Brasil. A entrevistada foi Teodora de Souza Guarani, uma das coordenadoras do Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena, a terceira edição aconteceu nesta semana, em Brasília.

Teodora Guarani relatou a atual situação das escolas nas aldeias: segundo ela, mais da metade não tem água tratada e boa parte não conta com energia elétrica. Ela também falou da relação entre a luta pelas demarcações de terras indígenas e as violações de direitos a que as crianças indígenas são submetidas.

Para  ouvir:

http://radios.ebc.com.br/sites/default/files/atoms/audio/19-10-17_-_entrevista_teodora_guarani_-_so.mp3

http://radios.ebc.com.br/sites/default/files/atoms/audio/20-10-17_-_reporter_nacional_-_amazonia_-_12h40.mp3

 

 

Tarde Nacional – Amazônia

Repórter Nacional – Amazônia

Saiba mais:
http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2017-10/liderancas-indigenas-pedem-ao-mec-mais-recursos-para-educacao-nas-aldeias

 

FONTE:  EBC

 

 


Palavras-chave: , , , ,


Deixe um comentário

*