Unidades de Conservação segue na pauta da mídia

8 de agosto de 2017  - Jaime de Agostinho

Um grupo de organizações ambientais divulgou nota técnica pedindo a rejeição do projeto de lei que o Planalto articula para alterar a Floresta Nacional de Jamanxim, no Pará.

Se aprovado, parte da floresta será transformada em Área de Proteção Ambiental, que permite atividades como pecuária e agricultura.

Segundo as entidades, a área afetada pelas possíveis mudanças tem 312 áreas embargadas pelo Ibama por desmatamentos ilegais.

A revista Época publicou um texto opinativo sobre as barganhas que o presidente Temer tem feito para continuar no cargo.

Apesar de tratar de vários assuntos, o artigo destaca os retrocessos ambientais que resultam dessas negociações como a sanção da Medida Provisória 759, que permitiu que terras invadidas até 2011 sejam regularizadas na Amazônia Legal.

O governo também acaba de perdoar uma dívida de R$ 10 bilhões dos ruralistas. “O agronegócio é fundamental à economia, mas os freios à expansão sem critérios é fundamental à preservação da vida no longo prazo”, diz o texto.

Link da nota técnica.

Debate

A ANDI – Comunicação e Direitos promoveu em São Paulo o debate “Unidades de Conservação no Brasil: ameaças, retrocessos e o futuro do Snuc”. Com a participação de especialistas no assunto e jornalistas, o evento abordou no esforço do Congresso Nacional, com apoio do Planalto, de reduzir as unidades de conservação no Brasil. Nos links abaixo é possível acessar os painéis:

As Unidades de Conservação no Brasil, Biodiversidade e os Acordos Internacionais: https://goo.gl/75Q13Y 
Braulio Dias – Biólogo, ex secretário-executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica

O potencial Econômico das Unidades de Conservação: https://goo.gl/TtQzTE 
Carlos Young – Especialista em Economia do Meio Ambiente/UFRJ

Grandes obras de infraestrutura e ameaça a UCs e Terras Indígenas: https://goo.gl/gmYNrz 
Carolina Derivi – Pesquisadora do Programa de Desenvolvimento Local dp Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas

O Estado como promotor do desmonte e os instrumentos para reduzir UCs: https://goo.gl/SeS6NV 
Nurit Bensusan – Coordenadora-adjunta do Programa de Direito e Política Sociambiental do ISA

Vetores que movem o desmonte das Ucs na Amazônia: https://goo.gl/8kHCNo 
Marco Lentini – Líder de Florestas do WWF

 

FONTE: ANDI – Mídia e Amazônia

 

 


Palavras-chave: , , , , ,


Deixe um comentário

*