RR – Exército entra na guerra aos incêndios florestais

20 de Janeiro de 2013  - Jaime de Agostinho
Cem militares do Exército Brasileiro serão treinados nas técnicas de prevenção e combate a incêndios florestais, em Roraima. A medida é parte das ações conjuntas de organismos federais a fim de proteger do fogo áreas pertencentes à União existentes no Estado, entre elas unidades de conservação, terras indígenas, faixas de domínio e áreas das forças armadas.

Essas ações conjuntas dos órgãos federais são coordenada pelo Centro Integrado Multiagência Federal em Roraima (Ciman RR), organismo que envolve instituições federais estabelecidas no estado de Roraima.

Numa primeira etapa, 50 militares dos efetivos baseados em Boa Vista receberão instruções a partir de segunda, dia 21, quando terão acesso a informações teóricas durante os dois primeiros dias. A seguir, por mais dois dias, recebem treinamento prático que incluirá o combate real ao fogo. As aulas práticas acontecerão no Projeto de Assentamento Nova Amazônia, zona rural ao norte de Boa Vista, onde a simulação incluirá o uso de aeronave no combate às chamas.

O treinamento lhes será ministrado por especialistas do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), órgão do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama.

A decisão de dispor de militares para reforçar a ação dos brigadistas do Prevfogo no combate aos incêndios florestais partiu do Comando da Primeira Brigada de Infantaria de Selva (1º BIS), na pessoa do general Jaborandy. Outros 50 militares a serem treinados pertencem a unidades do Exército existentes no interior do Estado e receberão aulas segundo cronograma ainda a ser estabelecido entre o Comando da BIS e a coordenação local do Prevfogo.

 
FONTE  :  Folha de Boa Vista – http://www.folhabv.com.br/noticia.php?id=144579

Palavras-chave: , , , , ,


Deixe um comentário

*