Acre registra mais de 60 focos de queimadas na primeira semana de julho

12 de julho de 2011  - Tadeu Ribas

O clima seco, deixado pela passagem de uma frente fria, aumentou o número de queimadas no Estado. Apenas na primeira semana de julho foram registrados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) 66 ocorrências, a maioria de origem urbana.

O índice é considerado alto, mas bem menor em relação ao mesmo período do ano passado. O número representa uma redução nos focos de queimadas em relação a 2010, quando foram registrados 76 focos de incêndio no mesmo período.

Na tarde da última terça-feira (5), quem passava pela via verde na região do bairro floresta, observou a fumaça que tomou conta de um terreno baldio próximo à construção de casas populares, uma situação preocupante em virtude dos riscos à população. Em 24 horas, o Ciosp recebeu 23 denúncias de queimadas.

O Governo do Estado e parceiros elaboraram um plano de contingência para o período crítico de queimadas.Como parte do plano, o Corpo de Bombeiros realiza um trabalho de prevenção e esclarecimento à população. A fiscalização continua e deve se intensificar nos próximos dias.

“É importante que a sociedade se conscientize dos perigos causados pelas queimadas. Não é permitido que sejam realizadas, nem as pequenas queimadas. A população também deve estar em alerta e entrar em contato com o ciosp”, explica o coronel Flores do corpo de bombeiros.

Fonte: Portal Amazônia


Palavras-chave: ,


Deixe um comentário

*